Desde o princípio, quando se resumia apenas a um posto de gasolina à beira da picada no mato que levava à Maringá - PR, a cidade de Sarandi se firmou com características muito particulares. Vir de muito longe para trabalhar em Maringá na badalada Cidade Canção, implicava no alto custo para se morar e sobreviver. Foi muito mais fácil então, morar no distrito de Marialva e trabalhar na grande cidade que se projetava, estando assim, presente no seu futuro. De poucos casebres, a cidade cresceu vertiginosamente e em pouco tempo tornou-se uma grande cidade dormitório de Maringá.


Diante de tantas dificuldades, e de condições mínimas de atendimento, principalmente a da saúde da população, nos idos de 1984, seis médicos da região, os doutores: Arlindo Pedrinho Ferri, Eurico Dornellas de Barros, Murilo Tadeu Beller, João Batista Samuel Funari, António Hernandes e Carlos Alberto Ferri, acreditando que a saúde da carente população da cidade não podia esperar e que pelas condições daquele momento, a população iria aumentar muito nos anos seguintes, decidiram construir um hospital em Sarandi - PR, então com três anos de município, destinado a atender toda a população da cidade e região, com os melhores cuidados.


No ano seguinte, já estava em funcionamento o Hospital e Maternidade Sarandi Ltda. Composto por 22 leitos e prestando bom atendimento aos moradores da cidade de Sarandi. Aos poucos, os pacientes de outras cidades e de toda região, descobriram a qualidade dos serviços prestados e passaram também a procurar por atendimentos nessa unidade.


Com o passar do tempo, as obras seguiam dentro das condições permitidas do hospital e dos sócios. Em 2001, o hospital passou por uma ampliação estrutural, chegando a 131 leitos, atendendo em 18 especialidades médicas a população de Sarandi, a população de Maringá, toda a região próxima e aos municípios da 15ª. Regional de Saúde que englobam a região de Maringá, bem como, outras cidades das regionais de Apucarana, Campo Mouro, Cianorte, Paranavaí e Umuarama.


Com um corpo clínico composto por 96 médicos e com o atendimento eventual de uma centena de outros profissionais médicos de todas as especialidades, o Hospital e Maternidade Sarandi, mudou a sua denominação e passou a ser Hospital Metropolitano e logo, em 2003, passou a ser administrado pela Rede de Assistência à Saúde Metropolitana, uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, sem fins lucrativos, em processo de reconhecimento como: Entidade de Utilidade Pública Federal, dedicada a cuidar da saúde dos moradores de Sarandi e região.


Um hospital de referência com alta complexidade nas áreas de Neurocirurgia, Traumatologia e Cirurgia Vascular que atende a maioria dos acidentados dentro da área de atuação da Concessionária Viapar, onde foi responsável pelo atendimento de 33% das vitimas dos acidentes no perímetro urbano da cidade de Maringá incluindo o Contorno Sul.


A Unidade de Terapia Intensiva U.T.I, é composta por quinze leitos e ocupada em mais de oitenta por cento, por pacientes procedentes do SUS-Sistema único de Saúde com alto índice de resolutividade, ou seja, a maioria dos pacientes internados na U.T.I do hospital, que apresentam quadros graves, é transferida para os quartos e obtém alta médica, completamente recuperados.


Em 2008 o hospital recebeu habilitação para atendimento de alta complexidade em Cirurgia Vascular e Neurocirurgia, conforme Portaria SAS 67 de janeiro de 2008 e PT SAS 646 de 10 de novembro 2008.


De acordo com a Portaria nr. 415 de 24 de novembro de 2009, publicada em 26 de novembro de 2009, no Diário Oficial da União, foi aprovado pela Secretaria de Atenção à Saúde o credenciamento de mais cinco leitos extras de U.T.I.


O hospital caminha em processo de expansão. O pronto atendimento conta com uma área exclusiva para atendimento a urgências e emergências com maior estrutura e breve terá plantão 24 horas por dia para: Ginecologia, Obstetrícia e Pediatria, com atendimentos especializados às nossas gestantes e crianças.


Em 2010 o hospital, deu mais um salto inaugurando sua primeira filial na cidade de Maringá: Unidade SAS/Metropolitana, para atendimentos ambulatoriais especializados, exclusivos aos servidores públicos do estado do Paraná.


Em março 2012, inauguração de mais uma ala com mais 25 leitos para atendimento particular.


Em maio de 2012, foi aprovado o registro e concessão ordinária do CEBAS-Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social, na área da saúde, conforme Portaria nr.418, publicada em 14 de maio de 2012 no Diário Oficial da União.


No decorrer desses 29 anos, o hospital passou por inúmeras e importantes ampliações, resultando em uma estrutura atual de atendimento com 180 leitos, sendo 15 leitos de U.T.I, centro cirúrgico com 06 salas, corpo clínico composto por 230 profissionais distribuídos em 25 especialidades médicas e outras nove especialidades na área da saúde. Informações com base em agosto de 2013.


Ainda em 2012, a Rede Metropolitana deu início ao Programa de Residência Médica nas especialidades: Anestesiologia, Clínica Médica, Cirurgia Geral, Ginecologia e Obstetrícia, Pediatria e Medicina da Família e Comunidade, aprovado em janeiro de 2013 pela CNRM-Comissão Nacional de Residência Médica, subordinado à Secretaria de Ensino Superior do MEC.


Em 2013, investimos na reforma de área para implantação da Unidade de Terapia Intensiva Neonatal, aquisição de equipamentos para seu funcionamento. Ressalte-se que tivemos a doação de vários equipamentos pela Secretaria de Estado da Saúde do Paraná.


Este foi um ano em que a Rede Metropolitana fez investimentos em software para melhorar cada vez mais a gestão da instituição, bem como assegurar a veracidade das informações de pacientes geradas no hospital.


Em 2014 conseguimos obter verbas de convênio com o Estado do Paraná, que nos possibilitou adquirir novos equipamentos, dentre os quais um arco cirúrgico, de alto custo.


Em novembro credenciamento da UTI Neonatal – 08 leitos e UTI Pediátrica – 02 leitos, através das Portarias MS/SAS nº 1310/2014 e 1311/2014.


Em 2015 recebemos a renovação do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social em Saúde, através da Portaria MS/SAS 474, de 22/05/2015, com validade até 13/05/2018.


Aconteceu a reforma do Serviço de Nutrição e Dietética, com ampliação da cozinha e do refeitório para um melhor atendimento aos colaboradores.


Iniciou-se também neste ano a reforma do Centro Cirúrgico, com ampliação de 02 salas cirúrgicas com interação às salas de aula, exercendo um importante papel no ensino aos residentes do Programa de Residência Médica da Rede Metropolitana.


Neste ano também tivemos a ampliação do número de vagas no Programa de Residência Médica para os cursos de Clínica Médica, Ortopedia e Traumatologia e Radiologia e Diagnóstico por Imagem.


a) Urgência e Emergência

b) Captação de Órgos para doação

c) Neurocirurgia

d) Cirurgia Vascular

e) Unidade de Terapia Intensiva e Neonatal

O hospital presta atendimentos à população dos municípios da 15ª Regional de Saúde, que engloba 30 municípios da região de Maringá, totalizando uma população de aproximadamente 799.917 habitantes (fonte: site do IBGE), e nos serviços de alta complexidade atende também a população das cidades abrangidas pelas regionais de Campo Mourão, Cianorte e Umuarama.

  • CIHDOTT

    Comissão Intra-hospitalar de doação de órgãos e tecidos para transplantes

  • CCIH

    Comissão de Controle de Infecção Hospitalar

  • CEM

    Comissão de Ética Médica

  • CIPA

    Comissão Interna de Prevenção de Acidentes

  • CRPM

    Comissão Intra-hospitalar de Revisão de Prontuários Médicos

  • CRO

    Comissão de Revisão de Óbito

  • CGMPRAMP

    Comissão Gestora Multidisciplinar de Prevenção de Risco e Acidente com Materiais Perfurocortantes

  • PGRSS

    Programa de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde

  • CPMMI

    Comissão de Prevenção de Mortalidade Materno Infantil

  • CH

    Comissão de Humanização

  • CPMMH

    Comissão de Padronização de Medicamentos e Material Hospitalar

  • EMTN

    Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional

  • CPPS

    Comitê de Processamento de Produtos Para a Saúde

  • CCP

    Comissão de Cuidados com a Pele

Presidente: Wellerson Régis Poiatti
Vice Presidente: Guilherme Rubino Beller
Tesoureira: Sérgio Aparecido Romão
Secretário: Dra. Vania Milani Misael Hernandes
Superintendente Administrativo: Dr. Carlos Alberto Ferri
Diretor Clínico: Dr. Antonio Nogueira Neto
Diretor Técnico: Dr. Murilo Tadeu Beller
Gerente Médico: Dr. Enio Teixeira Molina Filho

    
Razão social: REDE DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE METROPOLITANA
CNPJ: 05.550.451/0001-16
Endereço: Avenida Dom Pedro I, nº. 65, Jardim Edmar - Sarandi - Pr
Tipo de Empresa: Entidade Filantrópica
Instrumento de Constituição: Estatuto
Corpo clínico: Composto por 230 profissionais médicos em 25 especialidades (base agosto/13)
Classificação: Hospital geral de médio porte com 180 leitos (base agosto/13)
Atividades desenvolvidas: Serviço de Assistência Médico Hospitalar
Repasse SUS: Estado
Av. Dom Pedro I, 65
Jardim Edmar | Sarandi | Paraná | Brasil
Compras
   compras@redemetropolitana.org.br

Enfermagem
   enfermagem@redemetropolitana.org.br

Financeiro
   gerente.financeiro@redemetropolitana.org.br

Recepção
   recepcao@redemetropolitana.org.br

Secretaria
   secretaria@redemetropolitana.org.br
     +55 44 3264-8800